Arquivo do dia: abril 25, 2012

verbo

saudade é verbo conjugo, carrego faço dela imperativo, castigo, vazio. molda-se a saudade: do passado não vivido do vivido, convenientemente distorcido a meu favor. do futuro, esperança inócua, que procuro no entreabrir de sua boca para dizer, ah, por favor, … Continuar lendo

Publicado em poesia | Deixe um comentário