estava

Ela estava aqui até agora, não sei o que aconteceu. Usava óculos escuros, amarrava os cabelos com um tecido colorido, sorria alva, de ofuscar. Segurava docemente uma taça de kir, parecia a mais decidida entre todas as mulheres a cruzar meus olhos, tinha realmente uma postura sem frestas, um ar superior, uma altivez nos pensamentos. Não desperdiçava palavras, jogava muito pouco com as frases; com efeito, parecia iludir justamente pela lâmina afiada de sua objetividade. Aparentava dominar o tempo com as mãos, desafiava a precocidade com muita segurança, soava ter vivido das histórias pérfidas às mais ternas. 

Ao analisar suas raízes, parecia não ter alguma; nascera de algum lugar? Tivera um passado ou foi cuspida por alguma fagulha esparsa da Criação em um rompante viril? Aparentava elegância ímpar, trafegava por todo o protocolo e etiqueta em placidez monumental. Flanava pelos círculos como se soubesse todos os idiomas. Espantava o desnecessário; editava a existência enquanto a tragava. Fazia pouca fumaça, era precisa nas miradas, escolhia o que viver.

Os passos calculados, pelo que lembro, tinham sempre endereço. Pediu sem analisar o menu, portava-se como frequentadora habitual. O perfume criava espirais coloridas, confundia meu tato com o delicado tecido a ficar para trás. O relógio corria para trás, sua voz misturava-se a traumas, a voos cancelados, a receitas mal-sucedidas, a tremores de pânico. Calafrios.

Ela estava aqui até agora, não sei o que aconteceu.

Sobre Rodolfo Araújo

Jornalista, amante do teatro, um (des)crente (in)constante.
Esse post foi publicado em misturas. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para estava

  1. Felipe Galvao disse:

    Bravo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s