Arquivo do dia: dezembro 6, 2014

central

havia um filtro, enquanto percorria a rua central; o acinzentado racional do presente embebia-se das dóceis cores do outrora. de fato, mais vivas eram; vermelhos intensos, amarelos solares azuis masculinos, púrpuras suaves. nos fuscas, fachadas, relógios de rua intensa poluição … Continuar lendo

Publicado em poesia | Deixe um comentário