acaso

há sempre tempo
para que a lâmina caia certeira
divida o caminho em muitos
a bifurcar-nos em pétalas de quereres
inóspitos
inesperados

sobre a corda linear do plano feito
a ausência (da) lógica impera:
faz-se do fato um feito
do líquido-certo, suspeito

há um coração que para
uma vida, agora corpo
um contrair, agora filho
o esperar, agora beijo
a rotina, separação

um hiato, torpor
repentina suspensão
órbitas, olhos expandidos
não há razão

a vida, em seus nós,
tece prazeres.

Sobre Rodolfo Araújo

Jornalista, amante do teatro, um (des)crente (in)constante.
Esse post foi publicado em poesia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s