Arquivo do dia: julho 20, 2015

ter

poder a posse reter o teto driblar a sorte curvar o reto beber o cão beijar o poste chorar nas cócegas voar a esmo apostar as fichas sem ter direito não crer no fim morder a ponta da faca cruzar … Continuar lendo

Publicado em poesia | Deixe um comentário