ela

percebeu o peso do mundo todo
ao cerrar as persianas translúcidas
e os olhos

sentiu a mente pulsar
à explosão
e à exaustão
ocupada por rolos inteiros de filmes
entrecortados em um novelo complexo
de arrepios

vagou nas imagens possíveis
não vividas

tomou as estradas de renúncia
das bifurcações de outrora

ousou tornar as exclamações sinuosas:
interrogou-se

encheu os pulmões
e voou

num brado flutuante
aproveitou a janela aberta
virou mulher.

Sobre Rodolfo Araújo

Jornalista, amante do teatro, um (des)crente (in)constante.
Esse post foi publicado em misturas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s